João Mafra
Penetra surdamente no reino das palavras. Lá estão os poemas que esperam ser escritos. - Drummond
CapaCapa TextosTextos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato
Textos

SONETO DA AMADA
Esses olhos negros me sondando
procuram o que dentro de mim?
Não posso te olhar senão dizendo
que lindo amor nasceu enfim.

Essa pele negra junto a meu corpo moreno
aquecem uma tranqüila paz no coração.
Quero agora estes seios lindos, serenos,
me provocando, causando-me grande emoção.

E dentro de mim arde a chama quente
do amor verdadeiro já quase todo desvendado.
Não há quem desse amor experimente

que não queira um carinho assim a seu lado.
Esvaem-se os maus pensamentos da mente
e são outros, lindíssimos, agora então declarados.
João Mafra
Enviado por João Mafra em 15/09/2013
Alterado em 24/02/2018
Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários